Congresso
Você Participaria de um Congresso Bíblico?
Sim
Não
Ver Resultados

Partilhe esta Página



Total de visitas: 54479
Estímulos ao evangelismo
Estímulos ao evangelismo

Estímulos ao evangelismo

“Pela manhã semeia a tua semente e, à tarde, não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas” . (Eclesiastes 11:6).

 

O Senhor Jesus, quando esteve sobre a terra, semeou incansavelmente a boa semente da Palavra de Deus. Os crentes hoje são encorajados a proceder da mesma forma, semeando essa preciosa semente, que tem a maravilhosa capacidade de produzir fruto permanente. É verdade que algumas sementes caíram em solo duro, e outras, em solo rochoso. Por isso, não produziram fruto algum. Outras, no entanto, caíram em solo bom e produziram fruto.

“Pela manhã”, assim que acordamos, talvez nos desculpemos com o pensamento de que há trabalho urgente a realizar e desperdiçamos as oportunidades de dirigir uma palavra ou de oferecer um folheto a alguém. Porém, a manhã é uma boa ocasião, pois o nosso espírito está desperto e ativo, e existe a possibilidade de outros estarem com a consciência despertada e dispostos a ouvir.

“À tarde”, talvez já não estendamos mais a nossa mão por estarmos cansados da labuta do dia. Mas bem pode ser que outros estejam cansados da vida, anelando algo que as eleve acima do cansaço e das preocupações da vida.

Muito bem, se vimos que é bom semear pela manhã e à tarde, qualquer horário entre os dois períodos com certeza também valerá a pena.

O versículo prossegue, dizendo que não sabemos “qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas”. Observe que nem se cogita a possibilidade de uma semente não produzir fruto! Não seria isso indicação de que ao menos parte da sementeira redunde em fruto verdadeiro e que este talvez venha a ser maior do que imaginávamos?          Talvez tenhamos a oportunidade de encontrar mais almas no céu do que supomos agora. E se, porventura, já podemos hoje ver alguma alma sendo salva mediante a graça, isso é motivo de profunda alegria.

 

A Linguagem Simbólica de Apocalipse (cap.8 a 11)