Congresso
Você Participaria de um Congresso Bíblico?
Sim
Não
Ver Resultados

Partilhe esta Página



Total de visitas: 54457
Referências para o estudo bíblico
Referências para o estudo bíblico

Referências para o estudo bíblico

Um auxílio para professores de escola dominical e amigos da Palavra de Deus.

*Sugere-se que os versículos indicados com asteriscos (*) sejam memorizados.

As citações entre colchetes [ ] pressupõem maior conhecimento bíblico e podem ser deixadas de lado conforme a idade dos alunos.

INICIO DAS ABORDAGENS DO VELHO TESTAMENTO

O PERÍODO ENTRE A CRIAÇÃO E A DISPERSÃO

1. A história da criação

  1. Como introdução, cite algumas coisas feitas pelo homem. Em seguida, cite coisas que não foram feitas pelo homem. Quem fez estas coisas? Deus. Foi Deus quem criou os céus e a terra.
  2. Faça a leitura ou, melhor ainda, conte a história da criação: Gênesis 1:1-25.
  3. Explicação do texto:

"Criar" significa fazer surgir algo do nada. Leia Hebreus 11:3. "Os céus" é o universo invisível; "a terra" é o universo visível. Recorde as obras criadas nos seis dias (Gênesis 1:3-25): 1 º dia: Luz; a condição essencial para a existência de vida; 2º dia: o firmamento dos céus; o ar, a atmosfera ao nosso redor e sobre nós; a segunda condição essencial para a vida; 3º dia: terra e mares; solo e água; a terceira condição essencial para a vida. Daqui em diante as plantas passaram a existir; 4º dia: surgem os luzeiros (sol, lua e estrelas). Estes são "sinais" (Mateus 2:2; 24:29; 27:45) para divisão do tempo em dias, meses e anos. 5º dia: animais marinhos e aves. 6º dia: animais selvagens e domésticos.

  1. Ensinamentos:

Deus é onipotente (*Salmo 104:24) e onisciente. [Como foi na criação, assim também se dá quando da conversão e salvação de uma alma; a primeira coisa que Deus concede é luz: Efésios 5:13; Hebreus 4:13; *João 8:12; 2 Coríntios 4:6. O novo nascimento também constitui uma nova criação: *2 Coríntios 5:17 e Efésios 2:10].

2. A criação do homem O paraíso Gênesis 1:26-2:25

  1. Introdução: Qual a finalidade das coisas aqui na terra e dos animais que Deus criou? São para o homem! Mas ainda faltava o homem! Deus o criou por último; ele é o principal elemento e a coroa da criação, é o seu cabeça.
  2. Agora faça a leitura ou, melhor ainda, conte essa história.
  3. Explicação do texto:

Desta vez não se ouviu uma simples ordem: "Produza a terra ... ". Antes de o homem ser criado, houve uma deliberação especial: "Façamos o homem à nossa imagem"! Então o homem foi formado segundo corpo (do pó) e espírito (recebendo a imortalidade da parte de Deus). Somos geração de Deus (At 17:29). O homem foi feito à "imagem de Deus": é uma criatura dotada de personalidade e tem consciência, raciocínio e arbítrio próprios. Foi também feito à "semelhança de Deus", pois lhe foi dado o domínio (Gênesis 1:26-27). A mulher foi formada do homem.'''A morada que recebeu foi o Éden (terra das delícias), também chamado de Paraíso (jardim do desejo). O nome dos rios Tigre e Eufrates aponta para a região onde hoje está a Armênia. O homem foi colocado no "jardim para o cultivar e o guardar" . Note que já havia o que trabalhar antes da queda no pecado, porém o trabalho não se constituía uma maldição (Gênesis 2:15). O mandamento que havia para o homem era que fosse dependente de Deus e sujeito a Ele.

(*Salmos 139:14; *8:3-4,6).

  1. Ensinamentos:

Deus ama o homem; Ele o colocou no centro das bênçãos e o fez Seu representante aqui na terra. A sua vida estaria assegurada se ele obedecesse somente a Deus e se guardasse do "mal" (Gênesis 2:17).

Adão e Eva são uma representação de Cristo e da Igreja. O profundo sono de Adão e o lado que lhe foi aberto, do qual Eva foi formada, prefiguram a morte de Cristo e o Seu lado perfurado, donde saiu sangue e água para a reconciliação e para a vida de Sua noiva - a Igreja (Efésios 5:32; João 19:34). Sempre é bom lembrar que a Igreja é formada somente pelos que são verdadeiramente crentes.

3. A queda no pecado

  1. Introdução: Listar alguns pecados (por exemplo, mentira, desobediência). Donde procedem? O homem caiu no pecado!
  2. Faça a leitura ou, melhor ainda, conte a história de Gênesis 3.
  3. Explicação do texto:

Satanás estimulou o homem a duvidar da Palavra de Deus (w. 1 e 4) e despertou nele desconfiança quanto à bondade de Deus (w. 5). O homem deu crédito à mentira, desejou e foi desobediente; queria ter mais e ser mais (Tiago 1: 15).

  • As conseqüências do pecado:

O homem agora tinha consciência do bem e do mal, e também o discernimento de que se havia tomado pecador. Ele tinha sido desobediente e isto o afastou de Deus. O que se observa agora? Auto-ajuda (v. 7); fuga; temor (w. 8 e 10); a culpa é atribuída", a outros, inclusive a Deus (w. 12-13).

  • O castigo; inclusive a criação é afetada (w. 14-19).
  • A promessa:

(1) viria um redentor;

(2) este seria um homem;

(3) e este havia de sofrer, porém nisto estaria sua vitória (v. 15).

  • O homem recebe vestimentas e é excluído do Paraíso e da árvore da vida.
  1. Ensinamentos:

O primeiro Adão se exaltou e caiu; o último Adão se humilhou e foi exaltado (Filipenses 2:6-­11). O primeiro Adão caiu quando foi tentado no Paraíso porque não se firmou na Palavra de Deus; o Senhor porém, o "último Adão", resistiu quando foi tentado no deserto, firmando­-Se na Palavra de Deus (Mateus 4:4,7,10). Desde a queda no pecado, todos os homens têm herdado a condição de pecadores e presas da morte (*Romanos 5:12).

["Morreram" segundo três aspectos: (1) físico; (2) espiritual (não têm conhecimento de Deus) e (3) eterno (sua alma está eternamente separada de Deus - * Apocalipse 20: 14-15)]. São vestidos com peles de animais: somente há salvação mediante a morte de um sacrifício; eis por que temos plena salvação em Cristo. O Paraíso e a árvore da vida agora encontram-se no céu:

Lucas 23:43; Apocalipse 2:7; 22:14.

4. Caim e Abel Enoque

  1. Introdução: Todos os descendentes do primeiro casal de homens nascem fora do Paraíso. Nascem como pecadores, mas, por sentirem que Deus está sobre eles, oferecem-Lhe sacrifícios.
  2. Faça a leitura ou, melhor ainda, conte a história de Gênesis 4.
  3. Explicação do texto:

O altar é uma mesa de pedras sobre a qual se queimavam as ofertas. Caim trouxe frutos da terra amaldiçoada; Abel trouxe sacrifícios de sangue, o melhor de seu rebanho. Caim não estava tocado por um sentimento de culpa; Abel compreendera que a morte é o salário do pecado, e o cordeiro é o seu substituto salvador.

Considere a inveja e a raiva de Caim. Deus o adverte e lhe assegura a promessa, mas em vão! Caim incorre em ódio, morte, mentira e altivez. O juízo é proferido sobre ele" Caim é amaldiçoado e expatriado; tem de fugir para Nade. Edifica uma cidade e seus filhos tomam-se inventores de toda a sorte de artes e ferramentas.

Sete é concedido em lugar de Abel, e os seus descendentes são tementes a Deus.

  1. Ensinamentos:

O pecado desenvolve-se gradativamente até chegar ao homicídio (*1 João 3:15) e o seu resultado é o desassossego (*Isaías 57:20-21). A tristeza de Caim não implicou arrependimento (2 Coríntios 7:10).

O sacrifício oferecido por Abel apontava para Cristo (* João 1 :29). [Abel obteve de Deus o testemunho de ser justo (*Hebreus 11:4; * Romanos 5: I). Caim e Abel representam as duas diferentes direções que a humanidade tem tomado: Abel - a crente devoção a Deus (o povo de Deus); Caim - o afastamento de Deus (as pessoas do mundo).]

ENOQUE: Ler Gênesis 5:24 e Judas 14. Enoque caminhou com Deus em meio a uma geração

ateísta. Contemple o seu testemunho e como ele proclamou o juízo. Foi arreba­tado ao céu antes do grande dilúvio, prefigurando o arrebata­mento da Igreja que acontecerá antes dos juízos divinos que venham sobre a terra (Hebreus 11 :5; Apocalipse 3: 10).

Antes do dilúvio, os homens atingiam uma idade muito avançada. São apenas dez gerações de Adão até Noé; o próprio Pai de Noé (Lameque) chegou a conviver com Adão! Noé, por sua vez, ainda conviveu 75 anos com Abraão. Desta forma, a Palavra de Deus pôde ser transmitida íntegra e fielmente deste os tempos mais remotos.

 

Cântico dos Cânticos (5:1 a 6:4 e 3:1-5)