Revista Leituras Cristãs

Conteúdo cristão para edificação

Todo Dia

“O teu coração… permanece no temor do Senhor todo dia.” (Provérbios 23:17)

A primeira coisa que Deus “criou”, em Gênesis 1, foi o dia. Deus dispôs que o dia fosse um determinado período de tempo, nem curto nem longo demais. Os dias são separados por noites. À noite, durante o sono, podemos processar as impressões que tivemos durante o dia e preparar-nos para um novo dia. Podemos receber cada novo dia como um presente da mão de Deus. Cada dia é refrescante e pode se tornar uma experiência de comunhão com o Senhor. Além disso, “as suas misericórdias… novas são cada manhã” (Lamentações 3:22-23).

É decisivo, para o decorrer de um dia, como nós encerramos o dia anterior e como começamos o novo.

  • Nós começamos um dia conscientemente, tomando-o com gratidão da mão de Deus, e o finalizamos conversando com Ele mais uma vez sobre os pontos principais?
  • Nós agradecemos a Deus por todas as manifestações de graça; falamos com Ele sobre possíveis correções; confessamos o pecado que se tornou claro para nós para, por meio disso, recuperar a comunhão perdida?

É um perigo dos nossos dias que a efemeridade das nossas vidas aceleradas nos fazem pensar e agir, geralmente, em períodos maiores de tempo. Semanas passam voando, frequentemente meses e até anos inteiros. Temos dificuldade de lembrarmos de um ou outro ano.

Outro perigo consiste em vivermos no futuro ou no passado, então não vivemos cada dia. Ou talvez, desprezamos o “dia das coisas pequenas” (Zacarias 4: 10) porque não houve nada de excepcional?

Nós desaprendemos de admirar todos os milagres de Deus, que diariamente nos encontram e rodeiam.

Certa vez, o Senhor disse a Seus discípulos que eles deviam se tornar como crianças, para poder entrar no reino de Deus. Crianças vivem muito mais o hoje, o agora; isto os adultos podem aprender deles.

Em Provérbios 23:17, somos exortados a permanecer “no temor do Senhor todo dia”. Não podemos nos empenhar por um ano, por um mês ou por uma semana, isto é algo de cada dia. Nisto há algo consolador; de certa forma, podemos recomeçar cada dia; cada novo dia oferece uma oportunidade para isso. Não precisamos arrastar o peso do dia anterior, nem nos deixar deprimir pela preocupação do dia seguinte.

O temor de Deus é o respeito por Ele e a devoção confiante a Ele; o correto direcionamento de todos os nossos pensamentos, palavras e ações a Ele.

Isto é assunto dos nossos corações, e abrange todas as áreas de nossa vida. Por isso precisamos nos empenhar diariamente. Durante este empenho, outras passagens das Escrituras que falam o que devemos fazer diariamente podem ser de ajuda:

 

1. Ler a Palavra de Deus diariamente

“Será também que, quando se assentar sobre o trono do seu reino, então escreverá para si num livro, um traslado desta lei, do original que está diante dos sacerdotes levitas. E o terá consigo, e nele lerá todos os dias da sua vida” (Deuteronômio 17:18-19).

Para praticar o verdadeiro temor de Deus, é necessário conhecer os pensamentos dEle e se lembrar deles constantemente. Como podemos temer a Deus se não aprendemos a conhecê-Lo?

  • Isto é importante para reis. Quem crê no Senhor Jesus é rei segundo a sua posição (Apocalipse 1:6; 5:10). Para uma conduta real, precisamos da instrução da Palavra de Deus.
  • Na Bíblia, a Palavra de Deus muitas vezes é comparada com alimento. O Senhor Jesus disse que o homem não deve viver só do pão, mas de toda palavra que sai da boca de Deus (Mateus 4:4). Se lermos uma palavra e ela nos impressiona de tal forma que continuamos a meditar sobre ela, então foi bem recebida (cf. Salmo 1:2; Josué 1:8).
  • O povo de Israel colhia diariamente o maná no deserto (Êxodo 16).

 

2. Oração diária

  • Exaltar a Deus: “Cada dia te bendirei, e louvarei o teu nome pelos séculos dos séculos e para sempre” (Salmo 145:2). Quantos milagres e provas da graça de Deus temos diariamente! Que relação temos com a natureza? Nos alegramos de coração com todas as maravilhosas plantas que nos rodeiam? Nenhuma flor é igual a outra; nenhuma folha é igual a outra; nenhum floco de neve é igual ao outro. Quantos tons diferentes de cor há na natureza. Leia mais uma vez como Deus falou a Jó sobre os milagres da natureza (Jó 38 e 39); sem falar dos milagres que encontramos na Palavra de Deus (Salmo 139:17).
  • O oferecimento diário do holocausto e da oferta de alimentos: “Isto, pois, é o que oferecereis sobre o altar: dois cordeiros de um ano, cada dia, continuamente. Um cordeiro oferecerás pela manhã, e o outro cordeiro oferecerás à tarde” (Êxodo 29:38-39). O holocausto e a oferta de alimentos são uma figura do Senhor Jesus na Sua obra sacrificial e na Sua vida devotada a Deus. Deus deseja ser lembrado disso por nós. Nenhum dia deveria se passar sem que estejamos conscientes com que prazer Deus contemplava o Senhor Jesus como Homem (Mateus 3:17; 17:5).
  • O pedido diário do pão: “Dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano” (Lucas 11:3). Nós podemos pedir diariamente ao Senhor pelas nossas necessidades, e também agradecer pela Sua resposta. Nada ocorre naturalmente em nossas vidas.

 

3. Levar a cruz diariamente

 

“Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me” (Lucas 9:23).

  • Abnegação: é a negação do nosso próprio ego, a condenação constante de todas as tendências pecaminosas dentro de nós.
  • Tomar a própria cruz: quem toma a sua cruz se coloca no caminho para a execução. Quem é condenado à morte, encerrou com o mundo. Esta cruz não se refere às adversidades no âmbito da vida humana normal, pois estas, as pessoas que não são cristãs também experimentam. Quem toma a sua cruz se confessa a Cristo, que encontrou a morte neste mundo. Aliás, expressamos isto também no batismo.
  • Seguir o Senhor: Abnegação e tomar a cruz são dois pré-requisitos para seguir o Senhor Jesus. Sem estas exigências não se pode servir realmente a Ele. Quem quer servir a Cristo, precisa segui-Lo, aprender dEle. Neste caminho, experimentamos a Sua comunhão, que é mais preciosa que todos os tesouros do mundo. Nada neste mundo pode ser comparado com isso. Não esqueçamos: isso é algo de todo dia.

 

4. Exortar nossos irmãos diariamente

 

“Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo. Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje” (Hebreus 3:12-13).

Infelizmente, estamos cercados de muitas pessoas que se dizem cristãs, mas que não conhecem a Deus. Mais cedo ou mais tarde elas se revelarão como inimigas de Deus, caso não se convertam. Com certeza não estamos longe da apostasia generalizada do cristianismo. Esta apostasia já exerce agora uma poderosa sucção. Se cumprirmos os pontos 1 a 3, então também vamos usar tempo e energia para seguir esta exortação da Epístola aos Hebreus.

O irmão e a irmã ao nosso lado estão à espera de uma palavra de encorajamento, um aperto de mão compreensivo ou uma carinhosa alusão a uma correção necessária.

Quantas oportunidades, para isso, existem todos os dias! Não deixemos passar estas oportunidades.

W. M.

 

 

Leave a Comment