Revista Leituras Cristãs

Conteúdo cristão para edificação

Estudos sobre o Livro de Ageu

Nos tempos do profeta Ageu, o povo de Israel havia retornado à sua terra após décadas de cativeiro na Babilônia. Então começaram a reconstruir o templo, no entanto, logo pararam devido a algumas adversidades externas. Então Deus envia Seu profeta, para despertar Seu povo.

A princípio, nos parece apenas mais uma história do povo de Israel. Muitas vezes não nos ocupamos com os livros do Antigo Testamento, especialmente os proféticos, por pensarmos que não têm nada a nos dizer. Porém podemos aprender muito deles e, até mesmo, tirar muitas lições práticas para nossa vida, também no século XXI.

Sem ser exaustivo, o autor nos leva a contemplarmos este triste período da história do povo de Deus. Muitos trechos que, devido as diversas traduções/versões da Bíblia (algumas incorretas) perdem seu sentido e precisão, são esclarecidos. Ele também nos leva a lançar um olhar para o futuro, para o Milênio e até mesmo para a eternidade, e podemos entender os propósitos de Deus para a Igreja e para Seu povo Israel.

Deixando o aspecto profético de lado, o autor faz comparações e aplicações morais para nós, cristãos; e assim, em diversos pontos desse relato, podemos identificar nosso triste comportamento; por exemplo, quando começamos nossa carreira cristã com esmero, dedicando sempre o primeiro lugar ao Senhor, mas logo, após alguns pretextos, deixamos de agir no Espírito para agirmos na carne.

Deus, porém, em Sua misericórdia, sempre está disposto a nos levar de volta ao caminho da comunhão com Ele. Ele nos exorta, por meio da Sua Palavra, a “recomeçarmos a reconstrução”.

A benção somente é possível depois que Ele tiver o primeiro lugar em nossos corações, e quando O servirmos de todo o coração — e, sem dúvida, em Sua graça Ele nos dará bênçãos muito além de nossas expectativas.

[js-disqus]